Notícias

12/04/2010 - Itaú - Unibanco
Movimento sindical negocia com Itaú Unibanco hoje
por Feeb-PR

Movimento sindical negocia com Itaú Unibanco hoje
Trabalhadores estão na luta pelo pagamento de 2,2 salários de Participação nos Lucros e Resultados
O movimento sindical e a direção do Itaú Unibanco retomam as negociações, nesta segunda-feira 12, em torno da Participação nos Lucros e Resultados e para tratar dos reflexos do processo de fusão aos trabalhadores.

Os bancários reivindicam valorização, com o pagamento de diferença da PLR de 2,2 salários, como ocorreu no ano passado. Neste ano, a PLR chegou a, em média, 1,8 salário. Enquanto isso, os dividendos dos acionistas aumentaram de 25% para 33% do lucro. E a PLR dos altos executivos entre 2008 e 2009 passou de R$ 121 milhões para R$ 225 milhões.

"O banco fez a opção de ampliar a remuneração de acionistas e de altos executivos e deixou de fora os trabalhadores, os responsáveis pelos bons resultados da instituição. A valorização tem de ser para todos. O banco tem condições de pagar a PLR cheia aos bancários", afirma o presidente do Sindicato de SP, Luiz Cláudio Marcolino.

Os empregados também aguardam solução para diversos problemas provocados pela fusão das duas instituições financeiras. Há funcionários nas mesmas funções, mas com salários diferentes, locais com superlotação enquanto em outros setores falta pessoal, além de demissões injustificadas de trabalhadores e falta de eleição de Cipa em algumas concentrações. (Fonte: SEEB SP)

 

  • Rua Barão de Monte Alto, 70, sl. 307, Centro, 36880-000 Muriaé / MG
  • (32) 3722-3336 / (32) 3722-3734
© 2015 SEEB Muriaé - Todos os direitos reservados