Notícias

27/10/2014 - Santander
Resultado da reunião de negociação com Santander
por Feeb-PR

Resultado da reunião de negociação com Santander 
Nesta sexta-feira (24/10), em São Paulo, aconteceu uma nova rodada de negociação entre a COE/CONTEC e o Santander, visando a renovação do acordo aditivo dos funcionários do banco. A reunião contou com a presença dos seguintes dirigentes: Rumiko Tanaka (CONTEC), Gustavo Walfrido (FEEB AL/PE/RN), Barbosa (Delegacia da CONTEC RS), João (SEEB São José dos Campos), Leite (SEEB Amazonas), Marconi e Vascon (SEEB Marília), Israel (SEEB Maringá), Osório Carbone, José Maria, Sílvio Sene e Rogério Marques (SEEB Franca).

 

Representaram o Santander no encontro: Fabiana Ribeiro, Marcos Schimidt, Renato Ribeiro, Thailice e Maitê.

Já no início da reunião, a CONTEC cobrou do banco a extensão do auxílio-educação para cursos de pós-graduação, já que a demanda para o aprimoramento da formação acadêmica cresce a cada dia entre os funcionários da instituição. Foi reivindicado também um aumento no valor do benefício, que atualmente é de 50% do valor da mensalidade com teto de R$ 442,00.

“Os funcionários desejam crescer dentro da empresa e com a concorrência cada vez mais acirrada, é necessário um constante aperfeiçoamento nos estudos”, disse o vice-presidente do Sindicato dos Bancários de Franca e funcionário do Santander Osório Carbone.

 

O Santander, que atualmente concede 2.500 bolsas de estudos, argumentou que considera esta quantidade ideal em relação ao número de funcionários do banco e que está ciente da procura, pelos funcionários, de uma segunda graduação, mas que está discutindo esta questão internamente e que na próxima reunião apresentará uma proposta aos bancários.

 

As condições de trabalho foi outro tema bastante discutido com o Santander na reunião. Foi reivindicado mais contratações, pois somente com mais funcionários será possível o desenvolvimento das tarefas diárias com mais eficiência, pois o acúmulo de trabalho que é verificado atualmente nos locais de trabalho impede o desenvolvimento das atividades de maneira eficaz, fato que é motivo de stress e desenvolvimento de doenças psíquicas entre os trabalhadores da empresa.

 

Em resposta, o Santander entende que o momento é propício para a implementação de medidas que visem melhorar o clima organizacional nos locais de trabalho e que no próximo encontro também apresentará propostas para o tema.

“É necessário que sejam adotadas políticas motivacionais acima de tudo, deixando de lado práticas onde prevaleçam o medo e as ameaças constantes”, afirmou a Secretária de Finanças da CONTEC Rumiko Tanaka.

A próxima negociação com o Santander acontecerá no dia 06 de novembro em São Paulo. (Fonte: Contec)

  • Rua Barão de Monte Alto, 70, sl. 307, Centro, 36880-000 Muriaé / MG
  • (32) 3722-3336 / (32) 3722-3734
© 2015 SEEB Muriaé - Todos os direitos reservados